Caiu Masi

Então quer dizer que a FIA, agora de presidente novo, atualizou lá o organograma geral em seu site oficial e retirou os nomes de Michael Masi e Nicholas Tombazis do comando da área de monopostos.

Então quer dizer que o acordão, com Mercedes, com tudo, aquele que era suspeito desde que a equipe havia retirado sua intenção de ir ao TAS para brigar pelo título de Lewis Hamilton — e tinha razões legais para tal —, parece estar em vigor mesmo.

Agora aparece o nome de Peter Bayer, que é/era secretário geral do esporte da entidade desde 2017. Foi diretor na federação internacional de snowboard e diretor-executivo dos Jogos Olímpicos da Juventude de Innsbruck 2012.

Não se imagina que um secretário geral com este passado não muito automobilístico assuma as funções de diretor de prova, por exemplo. Mas tudo indica que a primeira parte para que a temporada 2021 não fosse decidida no tapetão esteja devidamente encaminhada.

Agora é ver se isso enfim dobra Hamilton para que se convença de correr na F1 2022 e quem a FIA de fato vai colocar no lugar de Masi. Que já deveria ter caído assim que a bandeira foi dada em Abu Dhabi.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments