Teste secreto pra quê?

A F1 informou que a primeira semana de testes dos novos carros, marcada para 23 a 25 de fevereiro em Barcelona, será basicamente secreta. Não haverá transmissão pela Sky Sports ou qualquer emissora, tampouco pela F1 TV, e nem mesmo o livetiming para acompanhamento das voltas estará disponível. Também não será permitida a entrada de público – mas não se sabe se pela covid em si ou por este caráter todo peculiar.

A categoria não explicou o motivo para tamanha calamidade a não ser querer dar uma importância tamanha para a segunda semana de testes em Sakhir, já em março, como se fora uma espécie de apresentação oficial da categoria.

É um desserviço completo. Em pleno ano de 2022, considerar uma ideia como esta, e pô-la em prática, é completamente contra tudo que o Liberty Media apregoou desde então. A restrição de informações é desrespeitosa com os profissionais da mídia, sobretudo para grupos que pagam pelos direitos, e igualmente com o público. Haverá punição para alguma equipe que resolver compartilhar informações e imagens? Se algum paparazzo estiver fotografando ou filmando do lado de fora, será detido? Depois da maior final que a F1 já teve, com a expectativa que temos em ver Max Verstappen e Lewis Hamilton atuando e com a fúria de parte do povo com o resultado final em Abu Dhabi, esconder não é pior?

A F1 começa 2022 dando marcha-ré.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments